<$BlogRSDURL$>

segunda-feira, janeiro 01, 2007

Ainda existe... 

Eu pensava que o meu blog já não existia, mas afinal ainda não foi banido. Bem, sendo assim vou pensar o que fazer com este espaço. Talvez volte, ou não. Vou pensar. Sinceramente, depois de falar, discutir e pensar sobre o que se passa à minha volta o que mais me apetece fazer é "dormir sobre os assuntos". Posso optar por escrever só sobre as coisas agradáveis, veremos! Até breve.

segunda-feira, janeiro 16, 2006

Ele voa mesmo... 

Parece impossível que já lá vão quase dois anos desde que iniciei este blog. Bem, a admiração resulta também de há muito não escrever nada. Mas mesmo mais inacreditável é o tempo que passou desde o dia em que nasci. Acho que passou tão depressa que eu perdi a boleia do calendário.
Então cá estou eu com estes 36 anos, que ninguém me avisou que chagariam tão depressa, e uma série de coisas que já devia ter feito e ainda não fiz. Também é verdade que quando por algum motivo temos que inverter o caminho da vida achamos que o contador volta também para trás, mas não é bem assim.
Parece então que é hora de deixar de pensar que amanhã ainda vai a tempo...
Vamos lá ao balanço que o mês é propício para tal. Escusas de dizer para não cair com o balanço...que ele vai servir para embalar e seguir a um ritmo mais adequado.
Bom, só me resta ter esperança que o tempo que passou não tenha levado algum desejo muito querido!
Até logo, que a esta velocidade podem bem ser alguns dias.

sábado, agosto 27, 2005

Está sol... 

O dia hoje está fantástico, o problema vai ser decidir como aproveitá-lo da melhor maneira possível. O meu Pho também não ajuda muito pois quer que seja sempre eu decidir. Vou pensar. Tem que ser algo que me faça esquecer as benditas listas de colocação e me afaste do computador para evitar tentações.
Têm ouvido as últimas notícias relativas ao Sr. Ferreira Torres? A vida do homem é um verdadeiro tratado de "malfeitoria". Acho mesmo que quando foi feito, Deus Nosso Senhor se esqueceu de lhe dar uma alma. Pior que isso é o escudo anti-justiça que o homem parece ter...livra. Por este andar os investimentos que estão a fugir para a Polónia serão substituídos por uma invasão de gente que queira fazer negócios "à Ferreira Torres". Pelo menos parece que é o que está a dar!
Vou zarpar.
(Hoje estou muito para o calão. À falta de o ouvir, digo-o eu!)

quinta-feira, agosto 25, 2005

Lágrimas... 

não apagam o fogo que assolou a cidade onde nasci e vivi a maior parte da minha vida.
É revoltante ver as constantes imagens dos fogos que enegressem ainda mais o nosso país, mas ver Coimbra a arder é assistir ao desaparecimento de um bocadinho de mim.
Para alimentar esta revolta ainda temos que saber que existem meios que não estão a ser utilizados por mero impedimento burocrático.
Desculpem-me o lugar comum, mas acho que não existe país onde se fale tanto e se faça tão pouco. Somos mesmo bons teóricos...

É no dia 30... 

Tanta coisa, tanta coisa e afinal as listas de colocação vão saír na data que era costume nos outros anos, com excepção do ano passado que foi o descalabro que se conhece.
Pois é colegas, lá vamos ter de aguentar mais uns dias e fazer de tudo para não pensarmos nisto. Em contrapartida vamos ter menos de 2 dias para nos apresentarmos nas escolas. O problema não é a presentação, é toda aquela confusão de se mudar tudo e todos para o sítio onde vamos trabalhar. Espero não ser mais uma a engrossar este movimento migratório, pois embora contractada fico há três anos na mesma região.
Notícia de última hora: Mário Soares é candidato.
O Sr. que me perdoe, pois merece todo o nosso respeito, mas este país em vez de andar para a frente anda para trás.
Ando mesmo, e cada vez mais, preocupada com o futuro deste país.

quarta-feira, agosto 24, 2005

O tempo, de hoje... 

A vida, até por tudo o que imprime em nós, não é estática. Insastifação não é sinónimo de infelicidade, é vontade de tentar ser mais feliz ainda, de acompanhar aquilo que a vida já fez mudar em nós. Foi esta minha característica que me touxe o que de bom hoje tenho, em vários planos. Essa, e a de querer não deixar que a vida vá passando assim de mansinho, e acordar um dia surpreendida porque já não posso fazer tudo aquilo que queria.
O tempo é um conceito relativo. Os meus "tempos" de hoje não são os de há dez anos. Hoje preciso de menos tempo para processar os dados que a vida me vai atirando. À medida que envelhecemos o tempo parece passar mais depressa, mas não, somos nós que conseguimos encaixar mais vida no mesmo tempo,e isso é bom, porque nos dá tempo para fazermos bem o que já fizemos mal.

terça-feira, agosto 16, 2005

"Agenda"??!!... 

Proximamente espero ter alguma tranquilidade para poder dar conta dos muitos factos que vivi ou presenciei ultimamente. Coisas para contar não faltam, mas meu bloguito, ando com a cabeça num turbilhão e a minha ansiedade anda nuns níveis altíssimos por causa das colocações que parece estarem para breve. Mesmo assim aqui vão alguns temas que povoam esta cabeça:


- Uma manisfestação histórica na conhecida cidade de Marco de Canaveses.
- Uma tentativa de suicídio, ao que parece, de um colaborador de Avelino Ferreira Torres, a qual os familiares relacionam com o autarca.
- O concerto dos U2 que não assisti.
- Uma terra alentejana, de seu nome Odesseixe, acho que é assim que se escreve, que adorei conhecer nestas férias.
- Um poeta popular alentejano, Aleixo dos Santos, que conheci a vender os seus livros na praia de Odesseixe.
- O meu sobrinho João e o meu afilhado Pedro, que estão o máximo. Adoro-vos. ( É claro que dá uma vontade de ter um também)
- A possível candidatura de Mário Soares à Presidência da República. Interessante esta sequência de itens, não?
- A minha mãe, custa um bocadinho ver, os sinais que o tempo e a vida já lhe deixaram.
- Engordei. Nem acredito que estou a escrever isto. Sempre fui uma "trinca-espinhas" e agora dou por mim preocupada com estes quilos a que não estou habituada. Tenho que expulsar esta barriguita.
- As consultas médicas que ando há meses a adiar. "odeio" médicos. Vá lá mulher tens que despachar esse assunto.


Este post parece mais uma acta, ossos...
Ok, não está mal para primeira tentativa de organização de ideias.


sexta-feira, julho 01, 2005

Até quando... 

...vamos ter que assistir a cenas inacreditávies como a "entrevista" de ontem na SIC a Avelino Ferreira Torres. Como pode um homem destes estar à frente de uma Câmara Municipal, seja ela qual for ? Com que direito pode denegrir a imagem de toda uma população que há décadas é associada a estes "espetáculos" deploráveis.
Insulta tudo e todos os que não servem os seus interesses.
Nega o que entra pelos olhos dentro, como se fossemos todos acéfalos.
De tudo o que assisti ontem, ficou-me uma interrogação.
O referido autarca iniciou "aquela coisa" na SIC pedindo a "este mundo e ao outro" que acabassem as fugas de informação na PJ. Mas então o dito sr. não disse e afirmou que não sabe de nada e que aquilo é tudo mentira e uma cabala política para o destruir? Então em que é que ficamos? É que o que não existe não pode ser alvo de "fuga de informação", certo?
O que terá este homem que fazer mais para o impedirem de continuar a gozar com a nossa cara?
Tenho a televisão ligada na RTP 1 e lembrei-me agora daquela personagem que aparece na Praça da Alegria e diz " Ler jornais é saber mais".
Pois, para alguns não deve ser ser muito tranquilizador !

quinta-feira, junho 23, 2005

Por ti... 

Tenho as palavras todas a atropelarem-se para mostrarem o que o coração todo atrapalhado não consegue ritmar. Os olhos, esses, vêem o que a memória não esquece, eu, sorrio porque a felicidade é assim...

quarta-feira, junho 15, 2005

Cravos Vermelhos... 

Cuidarei enquanto viver, dos cravos vermelhos que plantas-te em nós...

quarta-feira, junho 08, 2005

Justiça...por nós! 

Quando se está constantemente a ouvir que existe na sociedade portuguesa uma crise de valores, além de muitas outras enfermidades, mostrem-nos que ainda vale a pena lutar por eles.
Não bastam palavras e intenções é preciso sentirmos que o ilícito vai deixar de ser compensador. Tem que se começar por algum lado, e existem tantos...

sexta-feira, junho 03, 2005

Marco 2005... 

Marco 2005 é um novo blog que fala da vida política da "famosa" cidade de Marco de Canaveses. O advogado Coutinho Ribeiro é o seu autor e põe a nu muitos dos enigmas que pairam sobre esta cidade. Vale a pena visitar este blog para compreender o funcionamento da nossa política, se é que o tipo de actividade aqui descrita pode ter esse nome...
O povo de Marco de Canaveses não é burro, como muitos no país pensam.
O "sucesso" de alguns foi construido com a pobreza de muitos e a inocência de outros tantos.
Quantos "Marcos" existem?

quinta-feira, junho 02, 2005

Passa tão depressa... 

O tempo voa, costumamos dizer; mas voa mesmo! Já lá vão quase dois meses desde a última vez que aqui estive. Até assusta!
Os acontecimentos últimos são mais que muitos, alguns dos quais quero falar, mas com mais tempo. Hoje quero só deixar o registo do meu agrado quanto à versão 2005/ 2006 dos concursos de recrutamento de docentes. Para mim, este ano as coisas parecem mais organizadas e para já não há erros a registar. Espero não estar a "deitar foguetes" antes do tempo. Quanto às novas medidas previstas para a função pública, nós os professores nunca sabemos se se nos aplicam, porque umas vezes somos, outras não! No momento, e sem grande profundidade de análise, o que me parece é que o governo está a nivelar por baixo. Provavelmente não são os funcionários públicos que têm regalias a mais, os outros trabalhadores é que têm a menos. Ainda se nos retirassem algumas, mas nos dessem melhores condições de trabalho, como turmas mais pequenas, escolas mais bem equipadas para as ciências, mais estabilidade...Mas não me parece. E assim sendo, as depresões os esgotamentos, as doenças da voz, etc...que muitas vezes nos obrigam a não trabalhar vão continuar, porque existem realmente. A solução não é diminuir a remuneração por baixa, é dar condições para que as pessoas não fiquem doentes, e já agora uma fiscalização mais eficaz para situações de longa duração. É que quando estivermos doentes vamos ganhar menos e gastar mais do que quando não estamos, pois os medicamentos são caros, os médicos também, se não quisermos estar quase um dia inteiro num centro de saúde onde nem médico de família temos. Ainda se todo este sacrifício fosse temporário, para pormos este país de pé novamente, se é que alguma vez o esteve, mas normalmente o que que é retirado não volta a ser devolvido e o que sobe, não mais baixa.
Bom, afinal como também diz o ditado," as palavras são como as cerejas", e acabei por me alongar mais do que o previsto.

quinta-feira, abril 07, 2005

Não me apetece.... 

...fazer seja o que for. Estou "mole" e o meu corpo parece "pesar" três toneladas.
Como não dormi muito bem, cometi o erro fatal de fazer uma sestinha depois do almoço. Resultado: parece que um comboio me passou por cima.
Já consegui arrumar a cozinha, mas ainda tenho mais umas coisas para fazer. Espero que esta breve visita ao blog me espevite um bocadito, ainda para mais hoje é dia de ginástica e tenho que resistir à tentação de ficar em casa. Sim, porque senão iria ter que ouvir um certo Pho a gozar comigo uns bons pares de dias.
Ah!! Estou "válida". Já não é mau para começar, mas esta conversa fica para depois.
Acho que vai chover. Nunca pensei ficar tão contente por olhar para o céu e ver que está a ficar com nuvens carregadinhas de água.
Bem, cá vou eu...Já estou melhor!

terça-feira, março 08, 2005

Mesmo sem tempo.... 

Tantas coisas que de que gostava de falar. Tantas alegrias, tantas preocupações, tanta esperança, alguma frustação. Enfim, tanta vida...
Não consigo um bocadinho de tempo maior do que este. Não é desculpa, não! Existem sempre coisas mais importantes para fazer primeiro.
Tenho que arranjar um bocadinho para passar comigo e com os meus pensamentos.

segunda-feira, janeiro 10, 2005

Desejo... 

...com muito força que este novo ano me mostre que vale sempre a pena ter esperança e não desistir dos nossos sonhos. A ti... que a tua alma me mostre o caminho para finalmente nos encontrarmos. Ao meu Amor, sim, só pode ser o meu amor...a felicidade vinda de mim.
A todos... o melhor de cada um de nós.

segunda-feira, dezembro 27, 2004

Inspirador... 

O sorriso dos olhos do meu sobrinho...






quinta-feira, dezembro 16, 2004

O que é isto... 

...que me inunda de alegria que não é minha, que me parece sufocar com o ar de respirar, que me dá força mas não me deixa caminhar...


quarta-feira, novembro 10, 2004

Felicidade... 

é um sorriso nos olhos de alguém que amamos...
Felicidade absoluta é termos contribuído para esse sorriso..

terça-feira, novembro 09, 2004

Sei lá... 


Hoje apetecia-me guardar um pouco de vida...
Calor, luz e cor.


segunda-feira, novembro 08, 2004

Ghjdfjyjd... 

khsgfre, dhfkmcb kjyfruyefkjdnk jhcdy. Ijdgfhfddj kjsd kjsdgm, pxkeuf. kjieuyri cf kieud mhgvh sdjfuhfkj kiu. Okdjkfh nrwqe, apoemnn...

Sou feita de palavras de letras trocadas.
Combinações infinitas que ensaio sem parar
Conjuntos que se desfazem se os tento revelar.
Vibram, nascem são felizes
Espreitam o mundo mas logo fogem,
Ficam inúteis e sem sentido.

Aquelas que me dão,
por muito que vivam com estas
ficam sem tradução.

Quanto tempo resistirá este meu dialecto
Esta minha vida apalavrada.




quinta-feira, novembro 04, 2004

UFFF!!!... 

Finalmente consegui instalar a internet em casa. Este novo "sapo" (passo a publicidade, mas passo mesmo, pois só me deu aborrecimentos) estava muito escorregadio, mas já o agarrei e enfei dentro do computador. Espero que não apareçam mais surpresas desagradáveis. Esta semana não tem sido muito famosa, pois além de tudo isto estou em casa com uma gripe do tamanho de um prédio de 50 andares. A esta hora já tenho umas três dezenas de pais a lançarem-me maldições por ter ficado em casa dois dias e centena de alunos aos pulos de alegria por a campaínha ter tocado e eu não ter aparecido. Pela primeira vez na minha carreira fiquei em casa dois dias por doença. Normalmente costumava arrastar-me pela escola, porque isto de faltar altera tudo o que tinhamos programado, o que me valeu uma faringite para o resto da vida. Desta vez decidi que também tenho direito a cuidar da minha saúde. Apesar da médica me ter passado um atestado para três dias, amanhã já vou trabalhar. Com tudo o que se diz das faltas dos professores, uma pessoa até fica com "remorsos" de estar doente...

sexta-feira, setembro 24, 2004

Sem palavras... 

Pois é, não é só a minha caixa de comentários do último post que está sem palavras, assim também estou eu com tudo o que tenho assistido e pior, vivido nestes últimos tempos.
De tudo isto, apenas espero poder daqui a algum tempo dizer que "há males que vêm para bem...". Que toda esta trapalhada da colocação dos professores sirva para se começar efectivamente a mudar o que há muitos anos está mal. Quem não é professor indigna-se, quem é vive uma verdadeira tortura, um pesadelo. Definam-se as regras, empregue-se quem é necessário nas escolas de modo a obter um corpo docente estável. Como alguém dizia, esta "bolha flutuante" de professores contractados tem que acabar. Confesso que há vezes em que tenho vergonha de dizer que sou professora.





sexta-feira, agosto 27, 2004

Querido blog... 

Brevemente voltaremos às nossas conversas. Ultimamente estive tecnicamente impossibilitada de te contactar. Estou ansiosa por novamente te encher de palavras, ideias, das histórias comigo e com os outros...
Volto já!

terça-feira, junho 22, 2004

Até quando...? 


"(...)a decisão judicial que decidiu a perca de mandato de Avelino Ferreira Torres também nunca deverá ser aplicada. O autarca vai agora recorrer para o Tribunal da Relação, mas, caso a decisão seja confirmada, poderá insistir nos recursos. Designadamente para o Supremo e depois para o Constitucional. Como um juiz reconheceu(...), muito dificilmente a decisão transitará em julgado, antes do terminar do mandato.

A única forma que as juízes tinham de tornar aplicável a perca de mandato, seria condenar o autarca à pena acessória de proibição de exercer cargos públicos, por um período de tempo limitado. Como isso não aconteceu, a perda de mandato agora decidida judicialmente diz respeito ao mandato que Ferreira Torres ainda exerce, o que significa que se voltar a ganhar as eleições, sem que a decisão transite em julgado, ela torna-se imediatamente inútil."

In Jornal de Notícias

Entretanto...

"Avelino Ferreira Torres, presidente da Câmara do Marco de Canaveses, deverá ter mais um processo para responder. Desta vez, será pelo crime de injúrias contra os juízes, na sequência das declarações que proferiu à porta da sua casa, anteontem, quando chegou dos Estados Unidos."

In Jornal de Notícias


Não é peixe mas nada como nenhum outro no mar da impunidade...Mesmo que se lhe cansem as barbatanas, haverá sempre alguém que lhe estenda uma boia.
Quanto não vale uma Câmara nas estastíticas partidárias...

"(...)Entretanto, contactados pelo JN, os porta-vozes do PSD e do PP escusaram-se a comentar a situação no concelho, remetendo para as estruturas distritais dos partidos. Até ao fecho desta edição, os respectivos líderes estiveram incontactáveis."

In Jornal de Notícias

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Feedback by Backblog